Comentário: Arturia BeatStep Pro

The original BeatStep from Arturia has been a big hit for those wanting to sequence synths and software. So, how does the BeatStep Pro compare with its multiple CV outs and standalone capability?  

Isto

Attention to Detail...

Raramente uma empresa chegar perto de Apple com o tipo de temor que ocorre após um abre a caixa e olha para dentro. Arturia, obviamente, passamos algum tempo e dinheiro na embalagem. Na verdade, a caixa é resistente o suficiente para agir como um caso de estrada de curto prazo, até que você quer fazer um costume, ou encontrar um lá fora, que vai funcionar. E isso

Assista GW Childs realizando no BeatStep Pro com hardware synths analógicos (3 e nenhum computador!):

BeatStep Pro Standalone...

Eu estava nervoso, num primeiro momento, não há nenhuma verruga parede. Eu quase pensei que eu

"O

Na parte de trás várias saídas CV. E, bem agrupados e codificados por cores, em que. Pode parecer bobagem, mas quando você

Lots of colorful CV outs on the back!

Lotes de saídas CV coloridas na parte traseira!

Obtendo minhas batidas Volca Korg criados levou um pouco mais de trabalho, no entanto. Estranhamente, não há CV Clock Out. Em vez disso, há DIN sincronização fora. Que funciona bem para o meu 202. Mas, eu

Roller/Looper

Claro, assim que você ver um controlador de fita, você

"EU

Quando você

BeatStep Pro with DAWs

Eu amo meus currículos, mas eu pensei que eu

Conclusion

Como um sequenciador autônomo, BeatStep Pro define um novo padrão para o que se espera, com um nível de polonês que vai realmente definir o bar para todos Arturia

E, finalmente, I

Preço:

Prós: Um produto incrível com dois seqüenciadores e um programador de tambor que é divertido de usar e realmente faz o que diz que vai fazer como um autônomo.

Contras: Nenhum script de superfície de controle dedicados para DAWs, além de HUI e Mackie controle clássico. Trabalha como autônomo, mas inclui nenhum adaptador de energia para utilização separada, longe de um computador.

Rede:

Sound Designer, Musician, Author... G.W. Childs has worn many hats. Beginning in the U.S. Army back in 1991, at the age of 18, G.W. began learning electronics, communications and then ultimately audio and video editing from the Department of Defense. Upon leaving the military G.W. went on to work for many exciting companies like Lu... Read More

Discussion

Want to join the discussion?

Create an account or login to get started!